Oito (ótimos) motivos para se usar jogos nas aulas de língua estrangeira

1. Promove interação
Durante um jogo, os alunos precisam interagir. Eles planejam, pensam em estratégias, observam e acima de tudo participam. Não conseguem jogar se não houver interação. Ao jogar, há uma elaboração de estratégias de resolução e busca de soluções e isso só é possível através de interação.

2. É divertido
Sabemos que o aspecto lúdico no aprendizado é essencial. Através de brincadeiras e jogos, alunos se motivam e aprendem. Gostam da competição saudável que está envolvida nos jogos.

3. Os alunos se movimentam
Desenvolver a coordenação motora dos alunos é um aspecto muito importante dentro da sala de aula, principalmente das crianças. Cada tipo de jogo exige uma movimentação e coordenação motora diferentes. A consciência espacial e corporal podem ser exploradas durante os jogos. Para os adultos, a movimentação quebra a rotina ao retirá-los de sua zona de conforto.

4. Podemos revisar conteúdos
Se o aluno é capaz de interagir e participar do jogo usando a língua alvo, sabemos que ele internalizou e aprendeu o conteúdo. Através de jogos, podemos revisar e fixar os conteúdos de uma forma lúdica e divertida?.

5. Aproxima os alunos do professor
O uso de jogos na sala de aula aproxima o professor dos alunos na medida em que desenvolve uma relação mais informal. O professor, ao se envolver com o jogo e demonstrar que também está se divertindo, faz com que os alunos se sintam mais motivados.

6. Propicia um ambiente descontraído
Jogos são excelentes formas de se “quebrar gelo” com seus alunos no início de uma aula e são ótimos também para encerrar uma aula. Comece sua aula com um jogo divertido e você verá como o clima será bem mais descontraído. Termine sua aula com um jogo e você deixará seus alunos com vontade de voltar para a próxima.

7. Motiva os alunos
Jogos são uma ótima ferramenta de motivação. Eles estimulam a competitividade e, quando jogados em equipes, desenvolvem o espírito colaborativo entre os alunos e favorecem a socialização.

8. "Obriga" o aluno a usar o idioma
Através de jogos, é possível criarmos regras nas quais o aluno não terá outra alternativa além de usar a língua-alvo. Jogos que envolvem regras gramaticais e vocabulário podem nos ajudar a fazer da prática controlada da língua-alvo algo mais divertido e menos mecânico.

LIVRO RECOMENDADO