CAPACITAÇÃO E TREINAMENTO DE PROFESSORES NAS ÁREAS LINGUÍSTICAS E METODOLÓGICA

De professor a autor – Como começar a jornada?

By - Veronica Teodorov Ferreira*

Todo professor acaba sendo um pouco autor... afinal, sempre é preciso preparar algum material para aquela turma específica, uma prova ou revisão. Mesmo uma “simples folhinha de atividades” toma tempo, necessita esforço e faz você, professor, empregar sua criatividade para que a folhinha fique bonita e com conteúdo de qualidade.

E aí, você se pega pensando que poderia fazer algo mais com esse seu lado escritor, diagramador, revisor, iconógrafo (porque sempre coloca uma imagem bonita na sua folhinha de atividades, não é?). E que ainda poderia ser remunerado por isso, sem precisar ficar investindo muito mais em qualificação profissional. Afinal, professor está sempre estudando e provavelmente, não vai parar nunca!

Eu te entendo! Totalmente! Tanto que passei por isso também e hoje já tenho alguns livros publicados e vivo do trabalho com o texto. Eu também fiz muita “folhinha” (sinta a ironia aqui, porque realmente, o que se vê é só uma folha... ninguém tem ideia do trabalho que dá para produzir tudo o que está lá!), na minha área são as worksheets. E ouso dizer ainda que, na área de inglês, a coisa pode ser um pouco pior, porque qualquer um que fala inglês acha que pode dar aula do idioma. E sabemos que não é bem assim, mas a gente ainda sofre com isso tudo. Daí chega aquele momento da vida que você para e se pergunta: mas para quê eu estou estudando tanto, tirando todas as certificações internacionais? Não ganho um centavo a mais por isso, mas professor, sabe como é... continua fazendo tudo isso.

E se você acha que tudo o que aprendeu não está valendo mais, vou te contar o que você pode fazer com tudo isso. Já pensou em começar uma segunda carreira, trabalhando com texto? Você professor, pode começar na área editorial com diversas funções, como um trabalho freelancer para gerar uma renda extra. São muitas oportunidades, mas como começar? Vou listar aqui 5 dicas que irão te ajudar a começar a conhecer um mundo diferente e entender como usar seu conhecimento de sala de aula e sua experiência didática para iniciar sua jornada.

1 – Faça contatos.
Se as pessoas não te conhecerem, não vão saber que você tem interesse em começar a desenvolver conteúdo. Faça conexões nas redes sociais profissionais com as pessoas que trabalham em editoras. Interessante começar com a pesquisa dos editores que são da sua área de atuação e depois, seguir também os perfis das empresas/editoras. Sempre tem novidades!

2 – Crie conteúdo e mostre para as pessoas.
Não adianta nada você fazer aquela super aula e ninguém ficar sabendo. Se você já tem um blog ou um perfil no Instagram, por exemplo, poste algumas fotos ou deixe um PDF para as pessoas baixarem. Muitos talentos são descobertos porque compartilham o que sabem. Como costumo dizer: “só vale a pena quando todo mundo ganha”. Hoje você pode estar ajudando um colega, ao compartilhar aquela super atividade na sua página. Amanhã esse colega vai trabalhar em uma editora e te chama para escrever. Nunca sabemos o dia de amanhã.

3 – Torne a escrita um hábito.
Se você quer ser autor de material didático, ou mesmo quer publicar seu tão sonhado livro de contos, você tem que escrever. E isso deve ser um hábito, se não, uma prioridade. Com a correria do dia a dia, a gente acaba sempre deixando algumas coisas para depois, e essas são geralmente as nossas coisas. Então, foque no que você quer escrever e escreva. Todos os dias, nem que seja por 20 minutos.

4 – Analise livros.
Veja o que você mais gosta nos livros que usa e também o que menos gosta. Comece a anotar o que faria de diferente, o que você gostaria de ver em um livro. Mas anote, tudo, sempre. Se você pensa em escrever um livro de histórias, por exemplo, será que já não existe algo parecido? Visite livrarias, olhe os livros, pesquise na internet. Comece a entender melhor esse mercado, analisando os livros que podem ser da sua futura concorrência.

5 – Comece a escrever.
Essa pode parecer a dica mais óbvia, mas é a mais verdadeira de todas! Quantas vezes você já pensou em colocar algo no papel e acabou não fazendo? Quantas ideias você já teve e não desenvolveu porque acabou não anotando e esqueceu o que era? Quanto tempo você gostaria de dedicar ao seu próprio negócio (sim, a autoria pode virar seu negócio porque pode te gerar renda) e nunca conseguiu?

Será que a hora não é agora? Talvez você só estivesse esperando um empurrãozinho para começar sua jornada. O mundo editorial é maravilhoso e saber que a gente pode usar tudo o que já sabe para ensinar muito mais gente é sensacional. Então, não espere mais. Comece agora! Te vejo em breve em uma livraria.



*Veronica Teodorov Ferreira foi professora de inglês antes de iniciar uma carreira na área editorial. É autora de livros didáticos para o Ensino Fundamental 2 e Ensino Médio, e de um paradidático. Já editou dezenas de livros para o mercado público e privado, além de coleções internacionais. É idealizadora do perfil @deprofessoraautor no Instagram, onde compartilha seu conhecimento com outros professores que querem iniciar sua jornada como criadores de conteúdo.

LIVRO RECOMENDADO